By Alessandra Tavares

Eneagrama – Deu match tipo 4

O deu match de hoje é sobre o tipo mais profundo do Eneagrama: 4. Ele consegue acessar todos os 4 sentimentos principais do ser humano com a mesma intensidade: tristeza, raiva, medo e alegria.  

Ele se sente especial e gosta de atenção, cria laços fortes e se entrega, mas nem todos os outros tipos sabem lidar com a instabilidade e emoção excessiva do 4. Quer ver o que aproxima e difere ele dos outros? Olha só: 

  • Tipo 4 + 1 

Forças: Perfeccionismo e insatisfações do tipo 1 com as imperfeições e carências do tipo 4; 

Fraquezas: irritação do tipo 1 vs caldeirão emocional do tipo 4; 

  • Tipo 4 + 2 

Forças: emoções, drama e sentimentos em excesso; 

Fraquezas: conexão e presteza do tipo 2 vs expressão verdadeira e individualidade do tipo 4; 

  • Tipo 4 + 3 

Forças: suporte mútuo nas diferenças; 

Fraquezas: repulsa das emoções e foco na competitividade do tipo 3 vs aceitação das emoções e necessidade de atenção do tipo 4; 

  • Tipo 4 + 4 

Forças: melancolia, contradição, incompreensão e imperfeição; 

Fraquezas: emoções, intensidade e sentimento de exclusividade; 

  • Tipo 4 + 5 

Forças: profundidade, simbolismo e atração; 

Fraquezas: sentir com a mente do tipo 5 vs pensar com o coração do tipo 4; 

  • Tipo 4 + 6 

Forças: medo, diferenciação e sentimentos; 

Fraquezas: insegurança, desconfiança e acusações do tipo 6 vs culpa, interrogação e dúvida do tipo 4; 

  • Tipo 4 + 7 

Forças: intensidade, sentimento de que é especial e importante;  

Fraquezas: novas experiências, alto ritmo e superficialidade do tipo 7 vs contato com a tristeza, drama e aprofundamento do tipo 4;   

  • Tipo 4 + 8 

Forças: autenticidade, genuidade, guerra e paz; 

Fraquezas: ação, exaustão e ferocidade do tipo 8 vs intensidade, drama e lamúria do tipo 4; 

  • Tipo 4 + 9 

Forças: escuta ativa e compreensão;  

Fraquezas: escassez, pressão e inércia do tipo 9 vs intensidade e melancolia do tipo 4. 

Deu para perceber como os tipos influenciam nas nossas relações? Por isso o desenvolvimento é tão importante, para tornar essas relações mais tolerantes e saudáveis! 🙂