By Alessandra Tavares

Subtipos: e se eu te contar que não são 9, são 27?

Quando o assunto é Eneagrama, é comum ouvir que é uma técnica de autoconhecimento composta por 9 tipos de crenças (ennea = 9). O que realmente é verdade, mas será que são só 9 mesmo? Você já deve ter ouvido falar que, dentro do Eneagrama, há, além dos 9 tipos, os instintos sexual, social e autopreservação, que juntos compõem os subtipos.  

Calma! Parece complexo, mas vou te explicar melhor. 

O subtipo nasce da alquimia que acontece entre o tipo e o instinto dominante de cada pessoa. Toda pessoa tem o seu tipo e os 3 instintos: social, sexual e autopreservação. Um dominante, um reprimido e um secundário.  

Por exemplo, um tipo 4 que possui como instinto dominante o sexual é chamado de 4 subtipo sexual. Isso ocorre porque a maneira que o instinto se comporta em cada pessoa varia muito de acordo com o tipo, e vice-versa. 

Para facilitar, vou explicar um pouco de cada instinto, ok? 

O QUE SÃO INSTINTOS? 

Instintos são reações automáticas e inconscientes, ligadas ao cérebro mais primitivo. O que determina o grau de energia desses 3 instintos é algum trauma sofrido, geralmente na primeira infância.  

Os instintos podem ser: 

  1. Dominante: a falta de algo é compensada pelo excesso; 
  1. Secundário: tende à normalidade, pode ser alto ou baixo dependendo da situação; 
  1. Reprimido: a falta de algo é compensada pela desistência dele. 

 QUAIS SÃO OS INSTINTOS? 

  • Autopreservação: preserva pela sobrevivência, geralmente é organizado, cético e cuidadoso com a saúde; 
  • Social: se preocupa com o bom convívio social e se importa com a opinião e aceitação do todo, geralmente valoriza status e tem maior tolerância aos conflitos; 
  • Sexual: cria vínculos mais profundos, é mais intenso e gosta do relacionamento 1 à 1. Não se preocupa com a opinião dos outros e pode ser agressivo dependendo do grau de energia. 

A maneira como esses instintos vão agir em cada pessoa, depende do nível deles e do tipo da pessoa.  


27 SUBTIPOS 

Se existem 9 tipos no Eneagrama, com 3 instintos cada um, a conta é simples: 3 x 9 = 27 subtipos! 

Por exemplo:  

Subtipo 1 sexual: a palavra que o define é ciúme; 

Subtipo 4 sexual: a palavra que o define é competição;  

Subtipo 7 social: a palavra que o define é sacrifício; 

Subtipo 8 social: a palavra que o define é amizade. 

E assim por diante…

Cada subtipo tem características únicas em cada tipo e em cada grau de energia. Lembrando que, assim como um doente não precisa ter todos os sintomas para estar doente, você não precisa se identificar com todas as características de determinado instinto para identifica-lo como dominante ou reprimido. 

Ao estudar os instintos separadamente, de início é difícil saber de primeira qual é o seu, mas ao analisar os subtipos tudo fica mais claro. Com isso, você aumenta ainda mais seu nível de autoconhecimento e começa a perceber como seus comportamentos e ações fazem ainda mais sentido!  

Legal descobrir como o Eneagrama é muito mais do que parece e proporciona experiências incríveis, né?  

E você, já sabe qual é seu subtipo? 😉   

By Alessandra Tavares

Eneagrama – Deu Match tipo 2

Há um tempo venho dizendo como o Eneagrama das Personalidades é uma ferramenta incrível para o autoconhecimento e, consequentemente, o desenvolvimento do relacionamento com o outro. O deu match de hoje é sobre o tipo que mais se conecta com o outro: 2. 

O tipo da presteza, da antecipação das dores, que ajuda o outro e, consequentemente, se relaciona com o outro de uma forma diferente. Mas como é que os outros tipos do Eneagrama lidam com isso? 

  • Tipo 2 + 1 

Forças: Ambos possuem objetividade com subjetividade, descontração e flexibilidade; 

Fraquezas: Frieza, crítica e astúcia do tipo 1 vs emoções e ressentimento do tipo 2;  

  • Tipo 2 + 2 

Forças: Ambos ajudam, se doam, são indispensáveis, se percebem e se ajudam mutuamente; 

Fraquezas: Ambos possuem manipulação, expressividade, orgulho, indispensabilidade e expressividade; 

  • Tipo 2 + 3 

Forças: Ambos têm indispensabilidade, vaidade, imagem, dedicação, trabalho, aprovação e sucesso; 

Fraquezas: Trabalho e performance do tipo 3 vs atenção, romance e emoção do tipo 2; 

  • Tipo 2 + 4 

Forças: Ambos comparam, sentem muitas emoções, são dramáticos e enxergam as pessoas; 

Fraquezas: Emoção, expressão verdadeira e diferenciação do tipo 4 vs conexão, teimosia do tipo 2; 

  • Tipo 2 + 5 

Forças: Ambos funcionam bem com a oposição quietude e contenção do tipo 5 juntamente com a atração, dedicação e confiança do tipo 2; 

Fraquezas: contenção e isolamento do tipo 5 vs intrusão e socialização do tipo 2; 

  • Tipo 2 + 6 

Forças: Ambos possuem confiança, perspicácia, compreensão e proteção; 

Fraquezas: Hesitação, projeção e defensiva do tipo 6 vs troca do tipo 2; 

  • Tipo 2 + 7 

Forças: O entusiasmo do tipo 7 com a emoção do tipo 2; 

Fraquezas: Fuga, agendas carregadas e intolerância do tipo 7 vs orgulho e perfeccionismo do tipo 2;  

  • Tipo 2 + 8 

Forças: Ambos funcionam bem, com a prática do tipo 8 e a atenção emocional do tipo 2, a vontade de alguém lhe satisfazer do tipo 8 com a vontade de satisfazer o outro do tipo 2, que acaba se tornando submisso; 

Fraquezas: Vingança, orgulho e conflito do tipo 8 vs intensidade, expressividade e troca do tipo 2; 

  • Tipo 2 + 9 

Forças: Ambos ajudam e possuem fusão sentimental; 

Fraquezas: Fusão e pressão do tipo 9 vs ajuda percebida ou pedida do tipo 2. 

E você? Lida bem com o tipo 2? 😉  

By Alessandra Tavares

Eneagrama – Deu Match tipo 1

Relacionamento interpessoal  não é fácil. Tudo que envolve alguém, seja sério, afetivo, fraterno ou descontraído, exige esforço mútuo para compreender, lidar e conviver com o outro. Por isso que o Eneagrama das Personalidades é uma ótima ferramenta, que permite o autoconhecimento e conhecimento do outro, para um relacionamento melhor.

O deu match dessa semana é para entender quais são as forças (onde eles combinam) e as fraquezas (onde eles divergem) que existem no relacionamento da perfeição do tipo 1 lidando com os outros tipos do Eneagrama.

  • Tipo 1 + 1

Forças: Ambos possuem aceitação da crítica, valorização e apreço;

Fraquezas: Há mutuamente discussões, julgamentos, competitividade e rigidez;

  • Tipo 1 + 2

Forças: A objetividade do tipo 1 com a subjetividade do tipo 2 se equilibram, além dos dois possuírem descontração e um certo senso do que é justo para o grupo;

Fraquezas:  Emoção e ressentimento do tipo 2 x frieza, crítica e astúcia do tipo 1;

  • Tipo 1 + 3

Forças: Ambos possuem competência, performance, foco, competição, união e correção;

Fraquezas: Estresse, imagem e foco do tipo 3 x honestidade e tensão do tipo 1;

  • Tipo 1 + 4

Forças: Ambos possuem insatisfações, imperfeições, carências e perfeccionismo dentro e fora;

Fraquezas: Caldeirão emocional e irritação do tipo 4 x praticidade extrema do tipo 1;

  • Tipo 1 + 5

Forças: Ambos apresentam cumprimento de funções, responsabilidade, independência e dificuldade no âmbito das emoções;

Fraquezas: Energia economizada do tipo 5 x gasto de toda energia do mundo para fazer o mais perfeito possível do tipo 1;

  • Tipo 1 + 6

Forças: Ambos são perfeccionistas, apresentam um certo pessimismo, desconfiança e dificuldade em delegar;

Fraquezas: Receio e desconfiança do tipo 6 x raiva vista como medo ou incorreção do tipo 1;

  • Tipo 1 + 7

Forças: Descontração disciplinada do tipo 1 junto à disciplina descontraída do tipo 7, com criatividade para aperfeiçoamento;

Fraquezas: Excitação e mundo colorido do tipo 7 x intransigência e mundo “preto e branco” do tipo 1;

  • Tipo 1 + 8

Forças: Ambos apresentam frontalidade, persistência, ação, verdade, justiça e honestidade;

Fraquezas: Os dois possuem um grande controle, o que pode significar em confronto direto de ideias. Impetuosidade e poder do tipo 8 x correção e retidão do tipo 1;

  • Tipo 1 + 9

Forças: Ambos possuem autocontrole, grande senso de justiça e apreço por ordem e rotina;

Fraquezas: Indecisão, otimismo e despreocupação do tipo 9 x ação e reação, teimosia, tensão e irritação do tipo 1.

 

E, aí, gostou? Qual das características do tipo 1 você mais teve dificuldade de lidar? Conta pra gente! 😉

By Redatora Ellune

Eneagrama – depoimento de uma iniciante

 

Olá pessoal, eu sou a Bruna Said, uma das participantes do módulo 1 do Eneagrama de junho. Em convite da Alessandra, idealizadora da Ellune e mentora dos cursos de Eneagrama, vim contar como foi minha experiência nessa jornada. Se você já conhece essa técnica de autoconhecimento, te desafio e adivinhar qual é o meu tipo ao final deste depoimento, combinado? Vai te ajudar a treinar o olhar e a percepção dos tipos e das pessoas ao seu redor! 😉

Antes de começar, vou contar um pouco sobre o que é Eneagrama. É uma técnica de autoconhecimento, composta por 9 tipos diferentes de crenças.  Todos nós temos um pouco de cada tipo, mas há um predominante, chamado de tipo principal – ele é imutável, quem muda somos nós através dos caminhos de desenvolvimento dentro do Eneagrama, que são as asas e flechas. Além disso, há os subtipos que são definidos através dos três instintos autopreservação, sexual e social. Mas calma, é bem menos complexo do que imagina! E quando você aprender, vai se apaixonar!

Eu tive contato com o Eneagrama na empresa em que trabalho, pois os donos acreditam que é uma técnica fundamental na gestão de pessoas. E realmente é, porque ajuda a compreender como as pessoas são, quais os pontos fortes e fracos, e como lidar com elas no trabalho em equipe.

Sempre ouvia uma coisa ou outra, mas queria aprender mais afundo sobre o assunto. Não via a hora de descobrir qual era meu tipo! Cheguei procurar testes para me ajudar, mas nada disso adianta. É uma ferramenta de autoconhecimento, portanto só eu posso descobrir qual é meu próprio tipo. Sempre tive minhas suspeitas, mas só consegui concluir quando fiz o módulo 1.

É um workshop bem dinâmico, didático e descontraído. Além de toda parte conceitual, o workshop tem várias atividades e oportunidades vivenciarmos os tipos do Eneagrama para que a gente possa descobrir com qual dos tipos nos identificamos mais. É muito interessante perceber que existem pessoas muito semelhantes a nós e outras tão diferentes!

Por ser uma ferramenta de autoconhecimento, a análise de cada um é feita desde o primeiro instante. O mais legal é que, ao longo do dia, nós mesmos começamos a perceber sinais dos tipos presentes nas outras pessoas.

Eu fui para o workshop suspeitando qual era meu tipo, e confirmei ao chegar lá! Foi um alívio e eu saí da turma 1 me sentindo leve, compreendida e livre para ser quem eu sou, porque tudo começou a se encaixar.

Esse sentimento é muito característico do meu tipo que é o ….

Já descobriu? Conta pra mim!

Até a turma 2! 😉

By Redatora Ellune

Eneagrama – entendendo as tríades da técnica

Os Tipos de Personalidade do Eneagrama podem ser divididos em 3 tríades, conhecidas como Centros de Inteligência. Cada centro descreve uma forma específica capturar informações e compreender o mundo a sua volta. Vamos descobrir como funciona cada um?

# Eneagrama – Centro Motor

Tipos:  8, 9 e 1

Emoção: raiva

Tempo: presente

Centro de energia: barriga

São tipos cuja inteligência é corporal, ligada aos 5 sentidos. São focados na execução, controle de território, possuem um senso de justiça e ordem muito grande. A raiva é o que impulsiona a ação, cada tipo de uma maneira diferente.

  • O tipo 8 externaliza a raiva, porque é autêntico e não consegue segurar seus sentimentos;
  • O tipo 9 sublima a raiva, porque procura ao máximo evitar qualquer tipo de conflito. Mas quando fica bravo, acaba explodindo o que estava acumulado;
  • O tipo 1 internaliza a raiva, porque vive de acordo com as próprias regras e a raiva não é permitida. Isso gera um alto grau de autocontrole;

#Eneagrama – Centro Emocional

Tipos: 2, 3 e 4

Emoção: tristeza

Tempo: passado

Centro de energia: coração

São tipos que usam a tristeza como método para avaliar o que está certo ou errado. Se preocupam com a imagem e que o outro pode não gostar deles como são.

  • O tipo 2 internaliza a tristeza, porque ele se preocupa com o bem estar do outro para que seja amado;
  • O tipo 3 sublima a tristeza, porque o objetivo principal são as metas e ele acredita que sentimentos atrapalham as conquistas e o reconhecimento que deseja;
  • O tipo 4 externaliza a tristeza, é o mais intenso dos tipos e acaba enxergando esse sentimento como amigo. Ele vive buscando por algo que acredita que nunca vai ter.


# Eneagrama – Centro Mental

Tipos: 5, 6 e 7

Emoção: medo

Tempo: futuro

Centro de energia: cabeça

São tipos que gostam de imaginar, planejar, visualizar e criar. Vivem no futuro e possuem grande necessidade de previsibilidade.

  • O tipo 5 internaliza o medo, tem a sensação que não vai dar conta do futuro, por isso acaba se isolando para recarregar as energias. Isso faz com que seja considerado frio e “vazio” por não ter alterações de humor;
  • O tipo 6 projeta o medo que sente dentro dele para todo o ambiente, porque é precavido e enxerga sempre as possibilidades catastróficas que podem acontecer no futuro, por isso demonstra o medo que sente e como está preparado para o que vier;
  • O tipo 7 externaliza o medo e adota mecanismos de evitar a dor e ter prazer em todos os aspectos da vida, o que o torna otimista em relação ao futuro.

Essas são explicações básicas, mas claro que tudo depende do instinto de cada pessoa, que pode ser auto preservação, sexual ou social, mas isso é assunto para outro dia!

E, aí? Com qual centro você se identificou?

 

1 2 3
Subtipos: e se eu te contar que não são 9, são 27?
Eneagrama – Deu Match tipo 2
Eneagrama – Deu Match tipo 1
Eneagrama – depoimento de uma iniciante
Eneagrama – entendendo as tríades da técnica