By Alessandra Tavares

Heutagogia: aprendizado de adultos na era digital

Heutagogia vem do grego heutos, que significa auto, e agogus que significa guiar. Ela surgiu em 2000, proposta por Stewart Hase e Chris Kenyon, como um novo modelo de aprendizagem. 

Ok. Mas o que é heutagogia e o que a diferencia da pedagogia e andragogia. Esses são 3 diferentes modelos de processo de aprendizagem, com objetivos, públicos e métodos bem distintos.  

Pedagogia é um modelo para que o professor conduza o aprendizado de crianças. Neste modelo, as crianças são dependentes dos professores para aprender. São eles que definem o que será ensinado e como isso será feito. 

Já a andragogia é um modelo que descreve como os adultos aprendem. Os adultos possuem vários conceitos já formados que devem ser integrados aos novos conceitos e experiências que ele irá adquirir. O professor cede lugar ao facilitador e, com isso, o adulto passa a ter uma relação de maior igualdade. O aprendizado vem pela troca de experiências e parte-se do pressuposto de que é necessário despertar interesse, necessidade e desejo do aprendiz. 

heutagogia é um processo de aprendizagem aplicado aos adultos, porém ele é autodeterminado, ou seja, o próprio aprendiz que determina o que, quando e como quer aprender usando a tecnologia. Aliás, ela está diretamente relacionada à tecnologia e informação, que proporcionam o ensino à distância (que seria como o aprendiz quer aprender, por exemplo). 

As principais fontes tecnológicas usadas pelo método para aprendizado são: 

Satélite

Transmissão por sinal digital; 

Vídeo aulas

 Aulas online gravadas; 

Internet

Para pesquisas e grupos de discussão; 

Videoconferência 

Aulas ao vivo e atividade interativas; 

Telefonia

Monitoria e call-center.

A relação aluno – aprendiz – aprendizado é o que guia e diferencia essas três técnicas, como mostrado na tabela abaixo:

 


Heutagogia no trabalho 

Pode-se dizer que a heutagogia reconhece as experiências do dia a dia como fonte de aprendizado, através de estudos informais, curiosidade ou relações interpessoais. Isso significa que, dentro do ambiente de trabalho, por exemplo, a heutagogia considera válido o aprendizado proporcionado pelas experiências vivenciadas dentro da empresa, seja com conversas ou novos processos. 

Ela, também, está relacionada com desenvolvimento de novas habilidades, o que é muito importante para o crescimento pessoal e profissional. Além disso, ela pode ser usada em desenvolvimento de programas de capacitação, treinamentos e tudo que possa contribuir para o desenvolvimento profissional dos colaboradores dentro dos objetivos estabelecidos pela empresa. 

Como não há, oficialmente, um professor, as pessoas acabam desenvolvendo uma proatividade, autonomia e capacidade autodidata. Porém, um mentor é sempre importante em alguns casos, para orientar e compartilhar conhecimento, direcionando o método para que seja o mais eficaz possível. 

Seja qual for o método escolhido, priorize sempre sua capacidade de aprendizado. Qual é melhor para você? Mais fácil? Mais acessível? Entendendo isso, seu desenvolvimento será eficaz, porque atende suas necessidades.  

E, aí? Já sabe qual é o ideal para você? 😉  

By Alessandra Tavares

Eneakids: você sabia que não é só para pais?

Quando a gente escuta a palavra “Eneakids”, a primeira coisa que vem à mente é: criança. O que de certo modo está correto, mas o Eneakids não trabalha as crianças que você convive (como filhos, sobrinhos e afins) e sim aquela criança que está adormecida dentro de você, que acaba dizendo muito sobre essas crianças que você convive e/ou educa hoje em dia. O Eneakids olha para a SUA criança, a que você FOI.  

Ao crescer, é comum deixar coisas de lado e não permitir que elas ganhem vida enquanto adultos, mas muitas dessas coisas são carregadas ao longo da vida e começam a ser projetadas nas relações interpessoais – com adultos e crianças. 

O Eneakids ajuda, então, a olhar para todas essas coisas guardadas e entender lá no início da sua vida, qual era a criança que você deixou adormecer aí dentro, de que modo ela reflete nas pessoas com quem você se relaciona. Isso tudo através da compreensão de como uma personalidade é formada, o que acontece na infância de cada tipo, como os pais são vistos pelas crianças de cada tipo, entre outros pontos. 

A partir do momento em que você começa a ter essa percepção e resgata essa criança que você foi, sua relação e convívio consigo mesmo e com os outros melhoram muito! Por isso o Eneakids não é só para pais, professores ou pessoas que lidam diretamente com o desenvolvimento infantil. É para pessoas que procuram se entender melhor e se desenvolver. Claro que a técnica pode ajudar na criação das crianças, afinal, entendendo a formação de personalidade e instintos nas etapas da infância, fica muito mais fácil de ajuda-las a se tornarem adultos desenvolvidos e não apenas uma projeção de outra pessoa. 


O Eneakids permite que as pessoas entendam que toda criança tem um tipo de personalidade, uma ordem de instintos e que há motivos e fases para a formação disso tudo. Por isso que a técnica não é feita para crianças, porque elas nasceram do jeito que deveriam, o problema que reflete no desenvolvimento delas está nos adultos. A técnica é para eles, que precisam entender a infância deles primeiro para depois proporcionar o melhor para todo tipo de relação ao redor. 

Muitas pessoas que fazem o Eneakids costumam falar a seguinte frase na semana seguinte ”Mudou a minha vida”.  

E aí? Você está pronto para resgatar essa criança que existe dentro de você e mudar a sua vida também? 😉  

By Redatora Ellune

Eneagrama – flechas e asas: entenda o que é

Muitas pessoas enxergam o Eneagrama das Personalidades apenas como um sistema de 9 tipos, com instintos variados, capaz de ser desvendado por testes online. Não é bem assim que funciona. Mais do um sistema de instintos variados desvendado através do autoconhecimento, o Eneagrama é um mapa que permite que você se desenvolva e saia da “zona de conforto” proporcionada pelo seu tipo principal.

Ao contrário de qualquer outra metodologia de autoconhecimento que te olha de maneira estática, o Eneagrama é dinâmico e compreende que você responde em decorrência do ambiente e te dá caminhos para que se desenvolva de forma rápida e assertiva.

Esse desenvolvimento está presente dentro da geometria do Eneagrama. Se você parar para analisar, a mandala é composta por 3 formas: triângulo, círculo e hexade. Cada tipo desenvolve-se dentro dessa geometria da maneira que é mais fácil para ele, por isso conhecer o seu tipo principal é fundamental!

Esse desenvolvimento é possível através das asas e das flechas. Mas, afinal, o que é cada um desses processos de desenvolvimento?

  • Asas: elas são recursos que cada tipo tem, que são os tipos presentes dos lados esquerdo e direito. Como se o principal abrisse uma grande asa e envolvesse quem está do lado. As asas são recursos mais fáceis de se desenvolver, por isso todo processo de desenvolvimento começa por elas. É importante ressaltar que a motivação do tipo principal se mantém, mas ele ganha nuances ou variações de comportamentos distintos de acordo com as asas.

Há uma ordem que favorece o desenvolvimento, que é começar pela asa anterior e em seguida a posterior ao tipo principal.

Ex: as asas do tipo 9 são 8 e 1; do tipo 4 são 3 e 5 …

  • Flechas: são movimentos de crescimento dentro do Eneagrama presentes em cada tipo. Elas ajudam a incorporar novas características e comportamentos ao tipo principal, porém de uma forma mais complexa do que com as asas. Por isso trazem mais transformação e autodomínio para que você seja cada vez melhor dentro do tipo que pertence.

Mesmo que você não tenha feito nenhum trabalho para desenvolver as flechas, todos nós fazemos movimentos automáticos e inconscientes em determinadas situações da vida. Cada tipo possui duas flechas: a que sai dele para outro é a do estresse e a que chega nele de outro é a da segurança (contra flecha). Você ganha características dos tipos ligados ao seu através das flechas, cada um em uma situação.

Como são movimentos involuntários, você não capta o melhor de cada tipo, portanto não dá para aproveitar o máximo de potencial que eles têm para te oferecer.

O trabalho de desenvolvimento das flechas torna esses movimentos voluntários com um enfoque transformacional para que você consiga acessar o melhor de cada tipo ligado pelas flechas. Nesse caso também há uma ordem que favorece o desenvolvimento, que é primeiro a contra flecha que chega (segurança) e flecha que sai (estresse).

Ufa! O Eneagrama não é tão simples quanto parece, não é mesmo? São flechas, asas, subtipos, instintos, tríades … Por isso, antes de tudo, você precisa compreender exatamente qual é seu tipo principal para entender quais seus caminhos de desenvolvimento. Lembrando que não há testes que comprovem seu tipo, nem certo e errado. É tudo uma questão de autoconhecimento.

E você? Está preparado para se conhecer melhor? Vem entender um pouco sobre cada tipo aqui: http://bit.ly/desenvolvimento-ellune 😉

 

 

 

 

 

By Redatora Ellune

Coaching: principais dúvidas sobre o processo

Há muitas dúvidas em torno do processo de coaching, que faz cada vez mais sucesso entre pessoas e empresas ao redor do mundo. Mais de 40% dos executivos americanos já passaram por um processo de coaching,  88% no Reino Unido e 70% na Austrália. Mas afinal, o que é coaching? Tire essas e outras dúvidas sobre o assunto:

  1. O que é coaching?

Coaching é uma atividade de desenvolvimento pessoal, na qual o “facilitador” (coach) ajuda uma pessoa (coachee) a evoluir em algum aspecto da vida ou carreira, de forma encorajadora e positiva. O conceito surgiu em 1830, na Universidade de Oxford, quando um tutor particular ajudava alunos a se prepararem para uma determinada matéria.

  1. Por que o processo de coaching é efetivo?

Há muitos motivos, dentre eles estão: troca de experiência com foco no cliente; criação de um ambiente de desafio intelectual; suporte emocional; criação de um ambiente seguro e de total confiança; ritmo de execução e feedbacks mais objetivos.

Além disso, o coaching proporciona liberdade, livrando o coachee das amarras de crenças que limitam a capacidade de reflexão. Isso ajuda a tomar decisões, abrir a mente, e caminhar rumo aos objetivos de uma forma mais livre.

  1. Quem contrata um coach?

Proprietários, consultores, CEOS, gerentes, profissionais liberais, profissionais do ramo criativo, atletas, estudantes, concurseiros e qualquer pessoa que precisa de ajuda para alcançar um objetivo específico.

  1. Quais são os objetivos do coaching?

O foco é sempre o coachee, no crescimento dele, por ele e para ele. Com isso o coaching tem por objetivo proporcionar autoconhecimento; promover equilíbrio entre vários aspectos da vida; ajudar na libertação de crenças limitantes; ajudar a realizar sonhos e encontrar propósitos na vida; ampliar a capacidade de pensar, se comunicar e agir; possibilitar maior produtividade e lucratividade; e ajudar a desenvolver relacionamentos saudáveis e positivos.

  1. Quais são os benefícios do coaching?

O processo permite que o coachee conheça melhor a si mesmo, descubra quais são os valores e princípios que possui e desperte para encontrar o próprio caminho até o objetivo final. Isso é possível ao encontrar objetivos mais recompensadores; acelerar o desenvolvimento pessoal e profissional, tornar o raciocínio mais rápido e claro; criar uma vida com mais sentido; e facilitar o aprendizado e assimilação do que é novo.

E então, ficou mais claro o que é esse processo e como ele pode te ajudar em todos os âmbitos da vida?

By Redatora Ellune

Eneagrama – entendendo as tríades da técnica

Os Tipos de Personalidade do Eneagrama podem ser divididos em 3 tríades, conhecidas como Centros de Inteligência. Cada centro descreve uma forma específica capturar informações e compreender o mundo a sua volta. Vamos descobrir como funciona cada um?

# Eneagrama – Centro Motor

Tipos:  8, 9 e 1

Emoção: raiva

Tempo: presente

Centro de energia: barriga

São tipos cuja inteligência é corporal, ligada aos 5 sentidos. São focados na execução, controle de território, possuem um senso de justiça e ordem muito grande. A raiva é o que impulsiona a ação, cada tipo de uma maneira diferente.

  • O tipo 8 externaliza a raiva, porque é autêntico e não consegue segurar seus sentimentos;
  • O tipo 9 sublima a raiva, porque procura ao máximo evitar qualquer tipo de conflito. Mas quando fica bravo, acaba explodindo o que estava acumulado;
  • O tipo 1 internaliza a raiva, porque vive de acordo com as próprias regras e a raiva não é permitida. Isso gera um alto grau de autocontrole;

#Eneagrama – Centro Emocional

Tipos: 2, 3 e 4

Emoção: tristeza

Tempo: passado

Centro de energia: coração

São tipos que usam a tristeza como método para avaliar o que está certo ou errado. Se preocupam com a imagem e que o outro pode não gostar deles como são.

  • O tipo 2 internaliza a tristeza, porque ele se preocupa com o bem estar do outro para que seja amado;
  • O tipo 3 sublima a tristeza, porque o objetivo principal são as metas e ele acredita que sentimentos atrapalham as conquistas e o reconhecimento que deseja;
  • O tipo 4 externaliza a tristeza, é o mais intenso dos tipos e acaba enxergando esse sentimento como amigo. Ele vive buscando por algo que acredita que nunca vai ter.


# Eneagrama – Centro Mental

Tipos: 5, 6 e 7

Emoção: medo

Tempo: futuro

Centro de energia: cabeça

São tipos que gostam de imaginar, planejar, visualizar e criar. Vivem no futuro e possuem grande necessidade de previsibilidade.

  • O tipo 5 internaliza o medo, tem a sensação que não vai dar conta do futuro, por isso acaba se isolando para recarregar as energias. Isso faz com que seja considerado frio e “vazio” por não ter alterações de humor;
  • O tipo 6 projeta o medo que sente dentro dele para todo o ambiente, porque é precavido e enxerga sempre as possibilidades catastróficas que podem acontecer no futuro, por isso demonstra o medo que sente e como está preparado para o que vier;
  • O tipo 7 externaliza o medo e adota mecanismos de evitar a dor e ter prazer em todos os aspectos da vida, o que o torna otimista em relação ao futuro.

Essas são explicações básicas, mas claro que tudo depende do instinto de cada pessoa, que pode ser auto preservação, sexual ou social, mas isso é assunto para outro dia!

E, aí? Com qual centro você se identificou?

 

1 2
Heutagogia: aprendizado de adultos na era digital
Eneakids: você sabia que não é só para pais?
Eneagrama – flechas e asas: entenda o que é
Coaching: principais dúvidas sobre o processo
Eneagrama – entendendo as tríades da técnica